Por que os pombos são considerados praga urbana?

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+

0903-Porque-os-pombos-são-considerados-praga-UrbanaOs pombos, embora conquistem as pessoas com seu jeito dócil e amistoso, representam sérios perigos à saúde humana.
São considerados praga urbana porque transmitem doenças, causam contaminação ambiental e causam sérios prejuízos materiais.

Para se ter uma ideia, as doenças associadas a esta ave já chega na casa de 70, enquanto os ratos estão associados à apenas 35.

Fique atento!

  • A Consuper 2016 foi um sucesso!

    De 18 a 20 de outubro aconteceu a Consuper  2016 – XII Convenção Paraibana de Supermercados e estamos muito felizes e satisfeitos com os resultados que já estão surgindo! E as perspectivas de novos negócios são melhores ainda! Nossa equipe de vendas está de parabéns! Vejam as fotos!

  • Doença transmitida por pombo pode ser fatal.

    Um enfermeiro de Linhares, Norte do Estado, morreu com suspeita da doença do pombo, nome popular para a criptococose. Ele ficou internado no Hospital Geral de Linhares por oito dias e sofreu quatro paradas cardiorrespiratórias. “Segundo uma amiga do enfermeiro, ele atuava em um hospital de Colatina, na região Noroeste, e frequentava uma praça próximo […]

  • Controle dos abrigos de aves

    Para um controle ideal de pombos são necessárias diversas medidas: Instalação de tela nos vãos de telhados para impedir entrada das aves; Utilização de espículas de aço inox, aço carbono ou policarbonato para evitar que as aves pousem ou façam ninhos. Instalação de cabo de aço tensionado em locais de pouso, como beirais, muros, floreiras, […]

  • Como limpar forro com fezes de pombos

    As fezes dos pombos são componentes de alta propagação de microrganismos patogênicos, exigindo assim limpeza e higienização constante dos locais infestados. Para este procedimento é necessário a utilização de máscara e luvas para evitar contaminação. Comece umedecendo bem as fezes com solução desinfetante a base de cloro (água sanitária diluída em água em partes iguais) […]

Comentários